Milhões de Anos?

Postado por em março 22, 2018 em Sugestões práticas |

Milhões de Anos?

Sugestões para utilização da revista do 2º Bimestre de 2018 nas grandes áreas do conhecimento:

 Ciências da Natureza e Matemática

Os modelos de datação são, na maioria dos casos, confiáveis. Mas o que eles datam? O tecido fóssil? Materiais orgânicos?

Os modelos de datação datam substâncias inorgânicas (solo) que acabam por ocupar o lugar dos elementos orgânicos. Se considerarmos uma criação em dois tempos; uma primeira para o Universo e uma segunda, recente (+/- 6.000 anos), podemos entender os bilhões de anos como algo até mesmo normal, não é mesmo? Vale a discussão do tema e a compreensão dos modelos envolvidos nesse processo.

  •  Ciências

Nas páginas 6 e 7, temos a formação recente de um “fóssil” de uma chave de carro. Será que o processo de fossilização precisa ter milhões de anos? O que dizer de seres que estão incrustados nas rochas que são idênticos aos de hoje? Será que é possível que esses seres, fossilizados pela ação do dilúvio, pareçam existir há milhões de anos quando na verdade existem há poucos milhares?

  • Matemática

Que tal analisar um computador antigo? Na página 4 há um exemplo de modelos matemáticos muito complexos e antigos, mostrando que os povos antigos eram tão ou mais inteligentes que os modernos.

Tente analisar as formas de cálculos possíveis com um instrumento desse porte. 

 

Ciências Humanas e Linguagem

Nos livros evolucionistas de modo geral, é possível encontrar análises informando sobre as civilizações antigas como sendo de pessoas atrasadas e sem tecnologia e que nossa sociedade está evoluindo. Com base nos achados (página 4) podemos entender que essas civilizações eram atrasadas? Não teriam elas compreensão mais aguçada das características da natureza? Tecnologia de ponta em alguns casos?

Trabalhe com a ideia de que esses povos possuem mais similaridades como sanitarismo, engenharia, cultos, enfim, toda uma rede de estruturas sem terem tido contato entre eles. Não seria esse um sinal de Babel?

  •  História

Na página 3 é possível perceber que a cronologia evolucionista apresenta falhas em sua estrutura. Esse indício poderia evidenciar que existem mais informações no mundo natural e mesmo nas atividades humanas que valorizam o texto bíblico?

  • Geografia

De acordo com a página 7, na Rússia, artefatos foram identificados com grande destreza. Poderíamos fazer um mapa comparando os achados desse fascículo com a região do Ararat e mostrar a relevância da dispersão humana ao longo do tempo.

  •  Língua Portuguesa

ETs ou relato bíblico? Por que é tão difícil crer que a Bíblia faz sentido, segundo as pesquisas e os achados? É indiscutível a presença de tecnologia nesses achados, mas seria ela fruto de alienígenas, ou simplesmente que os humanos antigos eram mais inteligentes que nós? Uma pequena redação de 15 linhas sobre a temática da página 8.

  •  Artes

Na página 8 está a tirinha de Isaac e Charles. Que tal um concurso de charges sobre a temática estudada no Historia da Vida Volume 2? Use a criatividade!

 

Elaborado por: Márcio Fraiberg